Bandeiras de Orgulho! #1.1

Estreio hoje uma nova temática aqui no blog! Nesta temática, apresentarei assim um pouco da história e da simbologia associada às bandeiras de orgulho LGBTI. Eu estava a pensar começar esta temática mais tarde mas, o dia de hoje é especial, por isso decidi começar hoje mesmo!

E a nossa primeira bandeira é...

A Bandeira mais conhecida de todas, a bandeira Arco-Íris!

be-yourself


A bandeira conotada ao Orgulho Gay foi "criada" nos anos 70 [mais propriamente em 1978] por Gilbert Baker [02/06/1951 ~ 31/03/2017].


gilbert-baker
Se fosse vivo, Gilbert Baker completaria hoje 66 anos. 

Nota: A bandeira arco-íris já existe desde o século XVI. Na altura ela foi usada como um símbolo de Esperança numa Nova Era. Ela foi erguida por um padre, numa revolta de camponeses na Alemanha, denominada de Guerra dos Camponeses.]

Gilbert Baker era um artista norte-americano muito amigo de Harvey Milk - um dos mais importantes e conhecidos políticos gays eleitos nos Estados Unidos da América. Os gays foram ostracizados severamente pelos nazis, durante a Segunda Guerra Mundial. Nessa altura, quem fosse apanhado em práticas homossexuais, era condenado aos Campos de Concentração, onde eram obrigados a usar um Triângulo Rosa ao peito.

pink-triangle-nazism-victims
Os homens condenados por práticas homossexuais recebiam um triângulo rosa e muitas vezes eram bastante ostracizados e vítimas de extrema violência por parte dos guardas dos campos de concentração, antes de serem condenados à morte de formas bem macabras, como empedrejamento ou empalamento.  

O Triângulo Rosa perdurou durante bastante tempo entre os gays, não só como uma forma de se lembrarem do passado horrível na Segunda Guerra Mundial, mas também como homenagem pelos gays que foram condenados à morte pelos nazis.

Diz-se que Harvey Milk desafiou Gilbert Baker a criar uma Bandeira mais apelativa e colorida, que expressasse de forma muito mais positiva os Direitos LGBT e que fosse também a favor da Paz entre todas as pessoas. Gilbert tinha aprendido a costurar uns anos antes, depois de ter sido dispensado, com honras, do exército norte-americano. Ele aceitou o desafio e foi assim que, a 25 de Junho de 1978, a Bandeira Arco-Íris foi erguida pela primeira vez, na Marcha de Orgulho Gay de San Francisco, na Califórnia.

Originalmente, a bandeira possuía 8 cores:

rainbow-flag
As cores da bandeira original e os seus significados

A bandeira é de domínio público, ou seja, qualquer pessoa pode reproduzi-la como quiser. Actualmente, a bandeira é encontrada em versões com 6 cores - o rosa e o turquesa deixaram de aparecer tão facilmente. Existem versões da bandeira com uma faixa preta - que se traduz numa homenagem às vítimas da SIDA.

raibow-flag-black-aids


Esta bandeira já quebrou dois recordes do Guiness, ao ser a Maior Bandeira Estendida do Mundo! Ambas as bandeiras foram costuradas por Gilbert Baker. Ele faleceu em 31 de Março de 2017, tendo passado grande parte da sua vida a lutar pela causa LGBT e dando muitas palestras sobre a bandeira e sobre o movimento LGBT, pelo Mundo inteiro. Um grande bem haja a ele!

google-doodle-gilbert-baker-rainbow-flag
O Google-Doodle prestou uma bonita homenagem a Gilbert Baker.
Um gif a costurar uma bandeira arco-íris!

Comentários

  1. Achei bacana a história dele e a homenagem do google

    ResponderEliminar
  2. Amei a mensagem da postagem, compartilhei no Facebook esses dias em que o Google o homenageou!
    Temos de ter a percepção da liberdade de viver a vida como se sente bem, o amor é amor em todas as suas formas, respeito é bom e todos gostam, nem todos precisam aceitar, mas respeitar e se conscientizar sim!
    Abraços apertados!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Ivone! Tudo bem?
      Eu concordo inteiramente contigo! Infelizmente, existe muita gente que não compartilha da mesma opinião. Levam demasiado à letra determinadas passagens da Bíblia, por exemplo, para defenderem aquilo que consideram os "valores tradicionais". Esquecem-se no entanto, que se querem usar desses argumentos, então não podem esquecer-se de outras passagens da Bíblia, a começar por amar a Deus acima de todas as coisas. Se todos somos uma parte Dele, então somos todos "Deus". Logo, no final de contas, devemos amar-nos uns aos outros, independentemente das nossas individualidades.

      Haja mais Amor!

      Abreijos :)

      Eliminar

Enviar um comentário

Olá! O teu comentário é sempre bem-vindo!
Comenta, opina, expressa a tua opinião! Este espaço é teu!

Se quiseres contactar connosco, envia-nos um email para:

entrelinhasdirecionadas@outlook.pt

Esperemos que tenhas gostado do blog e que voltes sempre!

Mensagens populares deste blogue

Sexo oral. Porém escrito!

Projecto "Baleia Arco-Íris" [Update]

Animal X Animal