Sombras da Luz: Skyfall, Capítulo 7

Capítulo 7: Um laço especial!

Kyle chorava e gritava que nem um desalmado dentro do carro. O mundo dele tinha desabado naquele dia. Dirigiu o carro para uma falésia, da qual podia ver o mar. Encostou a cabeça sobre o volante e ligou o rádio.



[rádio]

Coração, diz pra mim:
Por que é que eu fico sempre
Desse jeito?

Coração, não faz assim!
Você se apaixona
E a dor é no meu peito!


Kyle olhou para o rádio e recomeçou a chorar! Aquela canção fazia tanto sentido! Ele sentia a sua alma a despedaçar-se!


[rádio]

Pra quê que você foi se entregar?
Se na verdade, eu só queria uma aventura!
Porquê você não pára de sonhar?
É um desejo e nada mais!

E agora, o que é que eu faço?
Pra esquecer tanta doçura?
Isso ainda vai virar loucura!

Não é justo entrar na minha vida,
Não é certo, não deixar saída!
Não é, não!

Agora aguenta coração!
Aguenta coração...

Já que inventou essa paixão!
Eu te falei que eu tinha medo,
Amar não é nenhum brinquedo!

Agora aguenta coração!
Aguenta coração...
Você não tem mais salvação!

Você apronta
E esquece que você, sou eu!

Coração, diz pra mim:
Por que é que eu fico
Sempre desse jeito?

Pra quê que você foi se entregar?
Se na verdade, eu só queria uma aventura...

Porquê você não pára de sonhar?
É um desejo e nada mais!

E agora, o que é que eu faço?
Pra esquecer tanta doçura...
Isso ainda vai virar loucura!

Não é justo entrar na minha vida,
Não é certo, não deixar saída!
Não é, não!

Agora aguenta coração!
Aguenta coração!

Já que inventou essa paixão!
Eu te falei que eu tinha medo,
Amar não é nenhum brinquedo!

Agora aguenta coração!
Aguenta coraçãoooo...

Você não tem mais salvação!
Você apronta
E esquece que você, sou eu!

Agora aguenta coração
Aguenta coraçãoooo...

Já que inventou essa paixão!
Eu te falei que eu tinha medo,
Amar não é nenhum brinquedo!

Agora aguenta coração!
Aguenta coração...

Você não tem mais salvação!
Você apronta
E esquece que você, sou eu!


Kyle desligou o rádio. Tinha ficado ainda a sentir-se pior do que já estava.

- Não aguento mais isto! Kuma, por favor! Ajuda-me...! - gritou, completamente desesperado.

A estas palavras, seguiu-se silêncio. Kyle já não sabia que mais havia de fazer. Abriu a porta do carro, saiu, fechou a porta, observando o local onde se encontrava. Já era noite. Embora estivesse em Agosto, a noite estava fria. Voltou ao carro para pegar num casaco e vesti-lo. Depois, sentou-se sobre o capot do carro. Olhou para o céu estrelado. As estrelas estavam bastante brilhantes. De repente, viu uma estrela cadente cruzar os céus.


- "Oh! Uma estrela cadente! Quem me dera que o Kuma estivesse aqui!" - pensou.

- Sabes, se me queres ver assim tanto, deves mandar recado pelo Light. Ele fará chegar os teus pedidos até mim... - respondeu uma voz, divertida.

Kyle baixou a cabeça. Espantado, virou-se e deu de caras com Kuma!

- Oh meu Deus! Kuma!! - berrou, chorando de alegria.

Mikel aproximou-se e abraçou Kyle com força. Também ele estava feliz e emocionado pelo reencontro. Ficaram assim abraçados, durante um longo período.

- Mas..? Como...? Tu... Tu não partiste rumo ao espaço? - inquiriu Kyle, surpreendido.

Mikel sorriu.

- Bem, é verdade... Parti sim. Eu estou muito longe da Terra. Neste momento, encontro-me na 10ª Dimensão! Mas, ainda assim, consegui vir até aqui, para falar contigo! Diz-me Kyle, o que é que se passou para tu estares assim?

- Vamos para dentro do carro, começa a ficar com frio aqui fora! Já te conto tudo! Mas quero que me contes o que se passa contigo também!

- Combinado!

E assim, os dois rapazes seguiram para dentro do carro. Kyle ligou o ventilador e começou a contar tudo o que se tinha passado, desde o momento em que Mikel se tinha despedido dele*.

* [Nota do Autor - ver "Sombras da Luz: Despertar"]

Ao ouvir o relato, Mikel ficou chocado. Não esperava que Kyle tivesse de lidar com tantas adversidades. Eles já se conheciam há bastante tempo e houvera momentos em que parecia que Kyle estava a passar exactamente pelos mesmos momentos de vida que Mikel havia passado. Isso fizera com que desde cedo nascesse um sentimento de carinho e protecção entre os dois. Depois da morte do seu único irmão*, Mikel tinha-se afeiçoado ainda mais a Kyle e "adoptara-o" como seu irmão mais novo. Queria muito vê-lo feliz e realizado.

* [Nota do Autor - ver "Vírgulas do Destino: Prisioneiros do Amor"]

- E pronto, deixei a chave na casa do Telmo e vim-me embora! Achas que fiz bem? - perguntou Kyle, olhando muito sério para Mikel.

- Oh? Sim, sim, fofinho! É claro que fizeste bem! - respondeu Mikel, dando um beijinho na testa de Kyle. - Esse rapaz não merece a tua consideração! É uma enorme falta de respeito! Para mim, ele é um grande hipócrita, desculpa que te diga...

- Não, não! Estás à vontade, Kuma! A sério! Eu fui tão parvo! Deixei-me levar na cantiga dele!

- Tens a certeza que vais ficar bem?

- Sim! Acho que precisava disto para perceber o que tu me disseste antes*.

* [Nota do Autor - ver Sombras da Luz: Despertar]

- Muito sinceramente Kyle... Eu não queria mesmo nada que tivesses de passar por tudo isto... - suspirou Mikel, recostando-se no banco do carro.

Kyle recostou-se também. Sentia-se melhor agora. Tinha desabafado, estava junto de Kuma...

- Olha lá.. Tu foste embora para o espaço, certo? Como é que foi que conseguiste vir até aqui?

Mikel fungou.

- É uma longa história...

E assim, Mikel contou o que se havia passado a partir do momento em que tinha partido, às costas de Rá*, até chegar à espantosa nave Akitran e ao seu encontro com os Mestres Ascensos**.

* [Nota do Autor - ver "Sombras da Luz: Despertar"]

** [Nota do Autor - ver "Sombras da Luz: Skyfall"]


- Aí, os Mestres falaram que eu precisava de me purificar! No momento seguinte, eu estava a flutuar no ar e depois.... Caboum!

- Caboum? - perguntou Kyle.

Mikel riu-se.

- Sabes, desapareci! Com um estouro, desapareci! A seguir ao clarão, fui teleportado para um quarto na nave!

- Wow! E que tal?

- Bem, fiquei algum tempo em estado de choque! Nunca tinha passado por aquela experiência! O quarto é grande, embora um bocado vazio. Deve ser por isso que é grande, ahahah! Tem uma cama enorme, devem caber lá três ou mais deuses do tamanho do Hórus! De resto, tem uma mesa e cadeira, na qual está um manto prateado. Numa outra divisória, está a casa de banho. Ao entrar nela, reparei numa banheira enorme e não resisti! Comecei a enchê-la! Curiosamente, a água que sai das torneiras é de um verde-aqua. Ao entrar na água apercebi-me que aquela água era purificadora e revigorante! À medida que o meu corpo físico começava a ser curado e purificado, a água ia mudando de cor, até que acabou por ficar transparente, mas turva.

Kyle estava assombrado! Aquilo devia ser mesmo bom!

- E tu sentiste alguma coisa?

- Sim, eu senti montes de coisas! A primeira coisa foi uma melhoria geral. Depois as cicatrizes que tinha no meu corpo físico desapareceram!

Mikel levantou a camisola, mostrando o peito. Apontou.

- Vês? Eu tinha aqui uma cicatriz da bala que a Artemisa disparou sobre mim...*

* [Nota do Autor - ver "Vírgulas do Destino: Prisioneiros do Amor"]

- Uau! - exclamou Kyle, fascinado. - E mais?

Mikel continuou a falar durante muito tempo. Estava entusiasmado por poder partilhar aquela experiência com Kyle, logo após esta ter ocorrido. Kyle, por sua vez, começava a entristecer-se.

- Então Kyle? Que tens? Porque estás assim?

- Ohhh... Daqui a pouco vais ter de te ir embora, não é? Nem sabemos se tinhas autorização para vir até aqui! E para me contares tudo o que me contaste!

- Eu penso que se fosse para ser segredo, eles arranjariam forma de me manter calado...

Ao acabar de dizer estas palavras, o corpo de Mikel começou a desvanecer-se.

- Oh não! Kuma!

Mikel respirou mais profundamente, com dificuldade.

- Desculpa fofo, não me resta muito tempo. Fazer esta experiência consome muita energia... Preciso de apanhar ar fresco...

Kyle acenou com a cabeça. Saíram do carro. Encostaram-se ao capot. Ele abraçou-se a Mikel e começou a cantar:


[Kyle]

Porquê que eu estou sempre a sentir-me em baixo?
Porquê que eu estou sempre com medo?
Porquê? Porquê que eu perdi a Esperança?


Mikel respondeu, cantando também:

[Kuma]

Do que é que tu tens medo?
Eu sei... Está tudo bem...
Podes dizer... Eu sinto o mesmo que tu,
Da mesma maneira...


[Kyle]

Eu perdi a Esperança.
Eu não consigo lidar com tudo isto!
Não consigo dar tudo por tudo,
Por muito mais tempo!

[Kuma]

Tu não estás sozinho.
Por isso, toca a arrebitar!
Tu deves tentar ser mais forte!

Tu podes superar os altos e baixos da vida!
Tu podes mudar o Mundo que te rodeia!
Esse é o significado da verdadeira coragem!

Então, por favor,
Relembra-te...


[Kyle & Kuma]

Nunca desistas de tentar!
Sê corajoso, continua a esforçar-te!
Voa, rumo às estrelas!

Tu podes fazer renascer a Esperança
No Amanhã!

Vamos dar as mãos um ao outro!
Juntos, podemos dar um passo em frente!

Os sonhos podem tornar-se Realidade!

Encontra a Esperança que reside dentro de ti!
Encontra a Força que mantém vivos os teus Sonhos!


Kyle e Mikel abraçaram-se, a chorar e a rir ao mesmo tempo! Mikel começou a desvanecer-se.

- Obrigado por este momento, fofo... Lembra-te... Eu estarei sempre contigo, não importa a distância! Treina muito e boa sorte!

- Kuma...! Eu...

As palavras de Kyle perderam-se no sussurro do vento. Mikel desvanecera-se por completo.

[Continua...]

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Sexo oral. Porém escrito!

Projecto "Baleia Arco-Íris" [Update]

Animal X Animal