22/04/2016

Sombras da Luz: Skyfall, Capítulo 12

Capítulo 12: Ad Astra Et Ultra! Longum Iter Emensus, Mendacia Longa Reportat!

[Início da 4ª fase]

Mikel e Renge entraram no imenso turbilhão que os fez regressar no Tempo. Nenhum deles soube durante quanto tempo estiveram às voltas naquele vórtex, mas a dado momento, aquilo parou e deram por si num grande salão, já familiar a Mikel. Tinham regressado à nave Akitran. Tontos e estonteados, não se aperceberam de um vulto que os aguardava nas sombras. Após alguns segundos, este vulto saiu das sombras e apresentou-se.

- Sejam bem vindos, meus caros. Mikel, muitos parabéns por teres conseguido superar o teste, que os Mestres do Tempo te colocaram no caminho. O meu nome é Karran, Comandante Karran.

Mikel e Renge, ainda zonzos, olhavam debilmente para a figura imponente. Karran prosseguiu:

- Não estava planeado a vinda de Renge. Ele terá de ficar contigo no teu quarto. Espero que não tenham problemas com isso...

- Não, de todo! Senhor, obrigado! - respondeu Renge, fazendo uma vénia a Karran.

Torcendo o nariz, Mikel levantou-se. Não estava a gostar do tom com que Karran falava. Soava-lhe a falsa delicadeza. Estaria Karran de facto contente por eles terem regressado à nave?

- Comandante Karran, pensei que os Mestres do Tempo ou os Mestres Ascensos estariam aqui para nos receber...

- Meu jovem, todos os Mestres estão ocupados neste momento. Eu fui encarregue de vos dar instruções e é só por isso que aqui estou. Como tu já deves saber, se fosses bem sucedido, regressarias à nave e serias informado da missão que tens pela frente. O vosso objectivo não será fácil, mas terão todo o apoio que nós vos podermos fornecer. Mikel e Renge, vocês terão de partir numa demanda, pelas diferentes dimensões, em busca dos 7 Elementos...

- Sete Elementos? Dimensões? - perguntou Renge, completamente incrédulo.

- Assim é, de facto, meu caro Renge. O Universo foi gerado nos Tempos Primordiais. Nasceu da interacção de 7 elementos. Como vocês já sabem, um Mal Desconhecido despertou nos confins do Universo e tem estado a causar estragos um pouco por todo o lado, tendo atingido o Planeta Terra muito recentemente, no vosso Tempo Humano. Para vocês terem uma hipótese de vencerem esse Mal, precisarão de reunir todos os Elementos que compõem o Universo. Juntos, eles têm um imenso poder, capaz de aniquilar qualquer força ou energia.

- Mas, como vamos reconhecer os elementos, se nunca os vimos? Como vamos viajar entre as dimensões? - inquiriu Mikel, preocupado.

- Cada Elemento está na posse de um Guardião ou Guardiã, dentro de diversas dimensões. Um deles está no Céu. Outro está no Planeta Terra. À medida que vocês forem adquirindo os Elementos, receberão uma lição dos Mestres Ascensos e ser-vos-à dada informação sobre o Elemento seguinte. Espera-se que ao longo desta jornada vocês despertem completamente os vossos poderes e junto com os novos conhecimentos que vão adquirir, consigam vencer a batalha que vos espera...

- E teremos nós realmente alguma oportunidade?

O Comandante Karran sorriu, divertido. Aquilo estava a dar-lhe mais gozo do que ele esperava.

- Se não achássemos que vocês teriam, vocês não estavam aqui, correcto? Por agora, só precisam de saber isto. Vão ser teleportados para o vosso novo quarto e depois de descansarem, entrem no vórtex que aparecerá lá, rumo ao primeiro Elemento. Adeus e boa sorte!

Acabando de dizer estas palavras, seguiu-se um estalido. Mikel e Renge desapareceram instantaneamente para aparecerem dentro de um quarto, cujas dimensões se assemelhavam a uma pequena casa. Admirados com aquele que passaria a ser o local onde iriam viver dali em diante, pelo menos enquanto estivessem na nave Akitran, Mikel e Renge exploraram o quarto todo, entre o espanto e o divertimento.

O quarto tinha uma casa de banho muito idêntica à do quarto onde Mikel estivera antes. Uma banheira enorme fez as delícias dos dois, que combinaram tomar um bom banho antes de irem dormir. Afinal, eles não sabiam quando voltariam a ter oportunidade de o fazer. Havia um pequeno jardim interior, do lado esquerdo da cama, também ela grande. Ao lado desse jardim, estava uma pequena sala, com um piano de cauda. Renge correu logo para lá e sentou-se ao piano a tocar algumas músicas, enquanto que Mikel se deitou na cama, a olhar para o tecto. Assim ficaram durante muito tempo.

Quando começaram a sentir-se cansados, foram tomar o banho. Revigorados e mais relaxados, voltaram para o quarto, onde encontraram uma cesta de frutas em cima de uma mesa. Comeram, conversaram sobre o que se iria passar quando seguissem viagem, até que por fim, o sono venceu. Deitaram-se na cama e Renge aconchegou-se a Mikel. Este sorriu e dando um beijinho na testa de Renge, abraçou-o junto a si.

Quando acordaram, tal como Karran havia dito, o vórtex estava à frente deles.

- Boa sorte, amados Mikel e Renge! Eu, o Mestre da 1ª Chama, vos saúdo e abençoo! Que a luz esteja com vocês!

Mikel e Renge deram as mãos e olhando um para o outro, correram para o vórtex, sem saberem no que se estavam a meter...



*Enquanto isso, no Planeta Terra de 2018...*

Já se tinham passado vários meses após o incidente que Kyle tinha tido com os seus pais. Ele decidira viver na casa de Mikel, até porque este lhe confiara a chave da casa e lhe dissera, pouco tempo antes de partir, que ele poderia ali viver, se quisesse. Os pais dele, nos dias que se seguiram ao incidente, cortaram-lhe os apoios que lhe davam, cancelaram as contas dele no banco e deixaram de pagar a universidade que ele estava a frequentar.

Para sorte dele, Mikel havia-lhe deixado uma generosa quantia de dinheiro, para ele cuidar da casa e se governar, caso precisasse. Assim, quando Kyle se apercebeu do que estava a acontecer, mudou de universidade, passando de uma privada para uma pública. Dessa forma, também evitaria cruzar-se com Telmo.

Com o passar do tempo, os dias deram lugar às semanas e estas deram lugar aos meses. Kyle, que inicialmente ficara muito triste e magoado com as atitudes da família e do ex-namorado, aos poucos começava a seguir em frente. Light, o dragão que Mikel lhe deixara, não se mostrava muito animado com a mudança do rapaz. Kyle passava muito tempo calado, a ouvir música. Escurecera o cabelo e passara a vestir-se sempre de preto, carregando consigo uma energia muito negativa e depressiva. Começou também a beber com muita frequência e a participar em festas todas as semanas. Light perguntava-se muitas vezes quando é que o rapaz começaria a dedicar-se à sua missão.

Por sua vez, Razor e os seus amigos tinham viajado para este, durante aquele tempo. Razor tornara-se um vampiro BV, tal como Caleb pretendia. Esta mudança veio acrescida de outra, uma vez que Kitsune, a raposa que Mikel deixara a cargo de Razor, assimilara-se a este, na mesma altura em que Ōkami fizera o mesmo a Mikel. Razor e companhia estavam a caminho da Transilvânia, onde iriam encontrar-se com um clã de vampiros, que tinham informações importantes para lhes transmitir.

[Continua...]

Sem comentários:

Enviar um comentário

Olá! O teu comentário é sempre bem-vindo!
Comenta, opina, expressa a tua opinião! Este espaço é teu!

Se quiseres contactar connosco, envia-nos um email para:

entrelinhasdirecionadas@outlook.pt

Esperemos que tenhas gostado do blog e que voltes sempre!

Entrelinhas Direcionadas: Felizes Aqueles Que Sabem Ler Nas Entrelinhas! | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2016 | POR:
COMPRE AQUI O LAYOUT QUE SEU BLOG MERECEBILLION DOLLAR LAYOUTS