Sombras da Luz: Despertar, Capítulo 14

Capítulo 14: O Filho de Neptuno!


*1 de Junho de 2018*


- Então, como te sentes? Mais calmo?

- Sim, muito melhor! Estava mesmo a precisar de mudar de ares! Obrigado, Kuma!

- Não tens de quê, pequeno! Chegaste a avisar os teus pais?

- Não, eles não precisam de saber... Para todos os efeitos, estou na casa que aluguei para a faculdade... - respondeu Kyle, pondo a língua de fora e rindo-se de seguida.

- Hum... Está bom! Já preparei o café da manhã, espero que esteja a teu gosto!

- Uau! Tanta coisa! Caramba! Vou ficar gordíssimo, pah!

- Oh! Não inventes! Faz-te falta é comer, mas é! Estás magríssimo!

Kyle riu-se com gosto e sentou-se à mesa. Mikel começou a servi-lo e foram falando sobre a escola e os planos para o futuro. Mikel pensava como poderia falar sobre o que queria com Kyle, pois era tanta informação e o tempo era pouco... Que não sabia por onde começar. Ia escutando com um ouvido o que Kyle comentava sobre as ideias e planos para as férias:

- Sabes, este ano devo ir a Paris, passar lá uma temporada, quero ver se vou à Semana de Moda em Setembro, se tudo correr bem. Agora que estou dentro dos blogs mais fashion da blogosfera, há que subir a fasquia, não achas? Antes disso, ainda passo em Londres, vou lá visitar uma amiga minha a Katty, já não a vejo há sei lá quantos meses! Aquela parva desde que arranjou aquele pindérico daquele namorado novo, nunca mais foi a mesma! É mesmo uma parva! Mas eu gosto tanto dela!

Kyle começou-se a rir, comentando aventuras que tinha vivido com a tal amiga, enquanto Mikel se perdia em pensamentos cada vez mais confusos e indistintos.

- Eish! Estás a ouvir-me, Kuma? Hello? Terra chama Kuma! - cantarolou Kyle, pegando nas mãos de Mikel.

- Ahm? Oh desculpa! Estava aqui a pensar numas coisas e perdi o fio à meada! Desculpa, fofo! A propósito da Terra, ainda bem que falas nisso, porque eu tenho uma conversa muito importante para ter contigo...

E assim, Kyle sentou-se em frente de Mikel e este explicou-lhe quase tudo o que sabia. A vinda de Hórus, o que se tinha passado, o que este lhe relatara sobre o Jardim dos Deuses, o combate que ocorrera e depois a mensagem que Mikel teria de partir em breve para se juntar às tropas celestes e combater o mal desconhecido.

Mikel não mencionou o Tridente de Neptuno. Não queria colocar Kyle mais assustado do que este já estava. Fazia uma pequena ideia do que passaria pela cabeça deste, ao olhar para a sua expressão, petrificada e confusa. Montes de perguntas emergiam na mente de Kyle e este não sabia por onde começar.

- Começa pelo princípio, é o mais fácil! - sugeriu Mikel, rindo-se ternurento.

Ele sabia exactamente o que Kyle estava a sentir.

- Muito bem, então diz-me. Eu tenho poderes, como já viste. Desde sempre me senti diferente. Consigo comunicar-me com peixes e animais aquáticos. Sinto-me bem dentro de água. Aliás, é onde me sinto melhor...

- Então sugiro que tenhamos esta conversa na piscina! - comentou Mikel, com um ar sério.

- Boa ideia!

E assim os dois rapazes foram para a piscina. Kyle disse que deviam ficar completamente nus, porque aí sim, teriam uma conversa completamente à vontade e sem tabus. Mikel concordou e rapidamente lançaram-se os dois despidos para dentro de água. Saboreando a maravilha de uma piscina de água quente pela manhã, Mikel comentou:

- Eu acredito que tu tenhas alguma ligação ao mar. Até quando estavas a abrir a Porta para o Outro Mundo, fizeste-o à beira-mar... Por isso, fico cada vez com mais certezas de que sim, tu estás ligado ao Elemento Água...

- E isso quer dizer o quê, ao certo? - perguntou Kyle, curioso.

- Como sabes, 70% do nosso corpo terrestre é feito de água. O Planeta Terra é composto na sua maioria por água. A água, em si, é um bem essencial à vida. Tu, estando ligado a esse elemento...

- Que eu posso dar vida? Que eu posso curar?

- Acredito que sim, que seja isso. Quando desbloquearmos os teus dons, serás capaz de ajudar!

- Ai Kuma, achas que sim?! Isso ia ser tão awesome! Todas as pessoas a precisares de ajuda e eu a salvá-las! Olha eu, a tornar-me uma diva! Um bombeiro! Ah ah ah ah! - Kyle começou-se a rir e Mikel desatou a rir às gargalhadas, muito bem-disposto.

- Oh, deixa de ser parvo, tu! Tu entendeste o que eu quis dizer! Terás acesso a dons de cura que te permitirão ajudar os seres vivos deste planeta! Quem sabe não produzes milagres? Nunca se sabe!

- Olha lá... Então e esse mal desconhecido...? Como foi que ele surgiu? Ele já está aqui na Terra?

- Ao que tudo indica sim, já se encontra aqui na Terra, fofo... Eu fui apanhado supostamente por algum desse mal e fui socorrido por um anjo, mas isso é assunto para outro dia... O importante agora é colocar-te preparado para alguma eventualidade...

- Porquê eu? Não tens mais pupilos? - perguntou Kyle, curioso.

- Uma pergunta pertinente, meu caro. É verdade que tenho, mas nunca nenhum deles andou por aí a querer abrir a Porta do Outro Mundo assim do nada, sem ter conhecimentos. Tu fizeste isso intuitivamente. Soma a isso o que já referiste sobre as tuas vivências no meio aquático. Não haja a menor dúvida que agora o teu nível de recuperação está muito superior ao que estava há bocado, o que indica que quando estás assim, completamente à vontade, dentro do teu Elemento, consegues recuperar a Saúde e a energia. Certamente já tinhas percebido que, naqueles dias em que te sentias em baixo, devias ir para debaixo de um chuveiro. Sentias-te melhor, não era?

Kyle olhava para Mikel pensativo. Agora que ele mencionava o facto, começava a relembrar-se de alguns momentos da sua vida e aquilo fazia sentido. Mesmo naquela altura, o que Mikel estava a dizer era verdade. Ele sentia muito menos dores e notava uma grande melhoria nos seus reflexos e músculos, desde que entrara na piscina.

- Tens toda a razão, de facto. É engraçado porque nunca tinha dado grande atenção a isso, mas é verdade...!

- Aí tens os meus motivos. Kyle, tu serás o meu último pupilo... Infelizmente, não me resta muito tempo, pelo que vamos ter de começar a dar matéria agora mesmo! Estás pronto?

- Sim! 'Bora lá! - respondeu este, sorrindo, intrigado. O que será que iria aprender?

- Vamos começar por falar de energias. Todos os corpos têm energia. Aliás, tudo o que vemos à nossa volta é energia...

E assim, Mikel e Kyle ficaram durante o resto do dia a conversar na piscina, com Mikel a explicar inúmeros conceitos a Kyle. Este tinha sede de conhecimento e aprendia depressa, pelo que rapidamente passaram para novos temas, mais complexos. Kyle queria muito aprender a dominar a energia, mas Mikel disse-lhe que isso requeria um nível de conhecimentos bastante avançado.

- A seu tempo, tu saberás fazer isso, não tenho a menor dúvida! Mas ainda é cedo! Já progrediste bastante, para quem está a começar!

- Mas... Se não sei usá-las na prática, de que me adianta? - perguntou, insatisfeito.

- Quando estiveres pronto, saberás usá-las, vais ver! Não apresses o que não deve ser apressado.

- Está bem, está bem! Olha, é melhor eu ir para casa, senão, vão começar a estranhar! Não levas a mal? - perguntou Kyle, um pouco triste.

Ambos saíram da piscina e enquanto se secavam e vestiam, Mikel respondeu:

- Não levo nada a mal! Não te preocupes! Vai treinando o que te ensinei hoje! Podes praticar de qualquer forma, basta usares o poder dos pensamentos! Aos poucos, conseguirás notar a diferença, vais ver!

Dirigiram-se para a sala. Mikel convocou Light e virando-se para Kyle, disse:

- Este é o Light, o meu Dragão. É um poderoso aliado que pertence aos elementos Água e Ar. Só vou poder levar comigo um dos meus aliados e por isso decidi que Light ficaria bem entregue aos teus cuidados!

- Possa! Estás a gozar! Eu vou ter um Dragão/Serpente Marinha ao meu comando? Wow! Tu és demais, Kuma! Não páras de me surpreender!

- É verdade! O Light ficará aqui em casa, por agora, até eu partir. Depois de eu partir, deves vir cá buscá-lo! Para se alimentar, ele necessita de energia da natureza! Ele pode proteger-te contra todo o tipo de males conhecidos e por conhecer e pode levar-te a voar pelo Mundo, mas tens de ser discreto! Não convém que as pessoas te vejam a voar por aí, montado num dragão! - retorquiu Mikel, com um sorriso.

- Oh pah, a sério, eu estou sem saber o que dizer! És um querido, Kuma! Obrigado! Adoro-te! Infinitos mil! - respondeu Kyle, abraçando-se a Mikel com muito carinho.

- E eu a ti. Promete-me que tens cuidado contigo... O Light poderá contactar-me, mesmo do Outro Lado do Véu, se necessitares de algo! - murmurou Mikel, dando um beijinho na testa de Kyle e abraçando-o com muita força.

- Tem cuidado contigo também tu, Kuma... Tenho medo do que vai acontecer... Mas sei que vamos estar juntos e juntos, enfrentaremos os perigos! - rematou Kyle, sorrindo.

- É isso mesmo! Juntos e unidos... - começou Mikel.

- Jamais seremos vencidos! Uhuuuh! - gritou Kyle, com um grande sorriso!

Os dois voltaram a abraçar-se e Mikel entregou uma cópia da chave de casa a Kyle, dizendo para ele usar a casa como seu refúgio sempre que desejasse. Kyle agradeceu, emocionado e disse que voltaria mais vezes, esperando reencontrar Mikel antes que este partisse.

*21 de Junho de 2018*

Os dias foram passando e Kyle entrou na época de exames da faculdade. Estava no último ano do curso que frequentava, pelo que tinha mesmo que "queimar as pestanas". Mikel andava ocupado com os preparativos do casamento dos seus amigos, partindo para Espanha para os arranjos finais.

*1 de Julho de 2018*

O casal amigo de Mikel casou-se em Sevilha. No final da cerimónia, entregaram o bouquet a Mikel, encorajando-o a "casar-se" com o seu falecido noivo, Ángel, que estava enterrado no cemitério de Barcelona. Mikel, emocionado perante aquele gesto, aceitou a proposta, disposto a pôr um ponto final nas suas dúvidas. Precisava de saber ao certo o que tinha acontecido a Ángel no Jardim dos Deuses*.

* Nota do Autor - [ver "Sombras da Luz: Despertar" - Capítulo 3]

Ao colocar o bouquet e invocar o seu falecido noivo, este surgiu, quase de imediato, como Mikel o conhecera em vida. Falaram durante bastante tempo. Depois de Mikel ficar totalmente esclarecido, Ángel entrou dentro do coração de Mikel e desapareceu. Mikel levantou-se e soube, naquele instante, que estava pronto para seguir em frente.

*12 de Agosto de 2018*

Kyle estava em casa a desenhar, quando de repente, uma voz familiar ecoou na sua cabeça:

- Querido Kyle, vai até à minha casa, tens lá uma prenda para ti. Protege este belo planeta... Adeus, meu pequeno... Nunca te esquecerei...

Kyle começou a chorar! Ele sentia a energia de Mikel a desaparecer! Sabia que Mikel estava a ir-se embora!

- Não! Não vás! Não me deixes sozinho! Kumaaaaaaaaaaa!!! - gritou.

Kyle galgou as escadas, meteu-se no carro e foi até casa do Mikel. Como não encontrasse nada de diferente desde a última vez que lá estivera, dirigiu-se à piscina. Sorriu para si mesmo, lembrando-se da primeira vez que ali estivera. Tirou as roupas e mergulhou na piscina. Lá bem no fundo, encontrou duas caixas. Ambas diziam:

"Para o Kyle"

Curioso, saiu para fora da piscina com elas. Uma era leve, a outra pesava um bocado. O que teriam? Ambas estavam fechadas com cadeado. Pegando na chave da casa, Kyle descobriu que os cadeados abriam com aquela chave. Mikel preparara aquilo para ele, só podia. Ao abrir a caixa mais leve, encontrou uma carta junto com um cheque. A carta dizia:

"Querido Kyle,

Deixo-te uma quantia para te poderes governar e gerires a casa na minha ausência.
Usa o dinheiro com sabedoria! =P
Beijinhos,
Kuma"

Kyle estava estupefacto! Aquele valor era astronómico!

- "Kuma, tu só podes estar a gozar! A sério!" - pensou.

Kyle começou a meditar no trabalho que Mikel se tinha dado a guardar as coisas e a criar as protecções para as caixas, que só ele poderia abrir! Fazia sentido que aquilo fosse real! No entanto, era tanto dinheiro! Kyle tremia só de imaginar!

- Okay, acalma-te lá! Ainda falta ver o que está na outra caixa...! Para me ter deixado uma quantia assim, é porque algo importante ou perigoso está na outra caixa... - comentou para consigo mesmo.

Meteu a chave. Rodou. O cadeado fez clique. Tirou o cadeado e abriu a caixa. Lá dentro estava algo escondido debaixo de um manto azul-noite e uma nova carta, endereçada a ele. Pegou na carta para ler:

"Querido Kyle, coloquei sob esta caixa uma protecção muito especial, que seria apenas quebrada no caso de tu seres a pessoa que eu estava à procura. Se estás a ler esta missiva então prepara-te, porque tenho uma novidade para te contar:

Tu és filho do deus Neptuno e o teu pai pediu-me para te entregar o Tridente Marinho.

Usa-o bem! 


Um grande abraço e beijinhos,
Kuma"

Completamente incrédulo, Kyle virou-se para o céu e gritou:

- Eu sou o quê?!?




Chorar não vai curar as minhas tristezas,
É apenas uma maneira de eu sentir a cobardia que se instalou no meu coração!

Eu quero acreditar no início deste pequeno sonho:
O meu coração começou a bater, a dor ficou para trás!

Embora nesta confusão eu tenha perdido a visão do Amanhã, 
Os meus pensamentos continuam em busca do Futuro!

Quando estou desgastado de tanto chorar, 
Eu sei que no final do arco-íris,
As Sombras da Luz vão Despertar!


Comentários

Mensagens populares deste blogue

Sexo oral. Porém escrito!

Projecto "Baleia Arco-Íris" [Update]

Animal X Animal