Os deuses devem estar loucos! [PT]

Este foi um dos contos que uma blogger chamada Margarida escreveu, num desafio de 250 palavras, dedicado a mim.

Os deuses devem estar loucos!

jubal-battisti

Desde há dois meses que os três aparecem à noite, entre os novelos de sonhos, e sentam-se na cama, de pernas cruzadas, esperando pacientemente pelo meu despertar. Eu sei que só pode ser um sonho, fruto das aulas de História, mas desejo ardentemente pela noite, pelo instante em que a imaginação se apodera de mim e eu vivo verdadeiramente.

Sei quem são. 

Foram as centenas de livros que li, imagens que retive, que desenhei na minha mente, os meus três deuses preferidos: Hórus, com a cabeça de falcão; Osíris, com a mitra branca na cabeça e segurando o báculo e o látego; Anúbis, com a cabeça de um cão.

Quando surgiram pela primeira vez, assustei-me. Dormia, cansado, após um teste sobre as divindades do Antigo Egipto, a minha paixão, e sentaram-se sem demoras em cima de mim. Acordei sobressaltado, com um peso estranho, risos divertidos e olhares curiosos.

Com o passar do tempo, vivia duas vidas, de dia, era um adolescente tímido, inquieto e confuso, de madrugada, sentia crescer dentro de mim um novo papel. Era ou Anúbis, ou Hórus, ou Osíris, os três se metamorfoseavam quase ao mesmo tempo, rápido, tão rápido, cão, falcão, eu, mitra, cão, mitra, eu, falcão…

Se é apenas um sonho, deixo-me levar, que as manhãs trarão a realidade cinzenta, enfadonha e solitária.

Desejo que os dias acabem depressa, para voltar a encontrar os meus deuses e imaginar que me encontro, não no meu triste quarto, mas no Antigo Egipto.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Sexo oral. Porém escrito!

Projecto "Baleia Arco-Íris" [Update]

Animal X Animal