Aquele Abraço! [PT]

Este foi um texto com o qual participei na minha 1ª edição do PIXEL - Concurso de Pequenas Histórias LGBT


Aquele Abraço

Ao contemplar as estrelas,
Um só pedido a elas, eu fazia:
Tragam-me um amigo de verdade
Que me ame e que seja boa companhia!

Um dia, na casa de um colega,
Explicações eu lhe estava a dar.
Quando de repente um rapazinho,
Na sala acaba por entrar.

Levanto a cabeça admirado,
O rapazinho sorria para mim.
O Tempo parou naquele momento,
Eu descobrira um amigo, por fim.

Nuno, assim ele se chamava,
Respondi: “És tal e qual o meu irmão!
Ele sorriu e respondeu que o que mais desejava
Era ter um maninho chamado João”.

Foi amizade à primeira vista.
Ambos tornamos o nosso desejo realidade.
Passamos a andar sempre juntos,
Sem malícia, nem maldade.

O pai do Nuno, invejoso,
Ao ver tão bonita amizade,
Um dia decidiu afastar-nos
Contra a nossa vontade.

Numa fatídica noite,
Despedimo-nos a chorar.
Abraçamo-nos um ao outro
E eu prometi-lhe: “Juntos para sempre havemos de ficar.

Muitos anos passaram,
Sobre esse episódio tão triste.
Diferentes rumos as nossas vidas tomaram,
Do meu coração, tu nunca saíste!

É uma alegria muito grande,
Quando eu e o Nuno nos reencontramos!
Damos sempre aquele abraço,

É uma prova que nos amamos!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Sexo oral. Porém escrito!

Projecto "Baleia Arco-Íris" [Update]

Animal X Animal