Mensagens

Em destaque!

My Movies! #2.1

Imagem
Hoje é dia de apresentação de filmes aqui no blog! Nesta temporada, os filmes abordados terão como novidade serem avaliados, umas vezes por mim, outras vezes pelo Jonas e em alguns casos, os filmes receberão avaliações dos dois. De igual forma, alguns dos filmes serão alvo de uma crítica.

Na estreia da segunda temporada de "My Movies!" o filme abordado é...


The Sensei [2008] passa-se no Colorado dos anos 80, em pânico com o flagelo da SIDA. É aqui que conhecemos McClain [Michael J. O'Laskey II], um rapaz que sofre na pele por causa de ser gay. Numa terra cheia de pessoas retrógradas e preconceituosas, ele torna-se um alvo fácil. Porém, tudo mudará quando Karen [Diana Lee Inosanto] regressar à cidade e aceitar treinar o rapaz, para que este se possa defender quando for atacado.

Para mim, é sempre bom revisitar os anos80. Este filme apresenta muitas semelhanças com "Karate Kid". Por outro lado, este é um filme bonito e verdadeiramente inspirador. O desenlace final…

Leia e ele virá! #2.1

Imagem
Começa hoje a segunda temporada de "Leia e ele virá!"

A partir de agora, os livros apresentados nesta temática terão uma avaliação, umas vezes dada por mim, outras vezes dada pelo Jonas e noutros casos, dadas pelos dois. De igual forma, existirão livros que terão direito a uma crítica.

Para hoje, temos o livro...



O Canto de Aquiles [A Canção de Aquiles] [2012] é talvez uma das mais bonitas obras que foram escritas sobre a Guerra de Tróia. Este livro foi inspirado na "Ilíada" de Homero. A obra é narrada na primeira pessoa, através do príncipe Pátroclo. Este, ainda em criança, comete um homicídio acidental e o pai dele, um rei horroroso e desprezível, encaminha-o para o exílio, no longínquo reino de Ftia. Em Ftia, Pátroclo conhece o príncipe Aquiles, de quem se tornará o melhor amigo, irmão de armas e companheiro de todas as horas.

Eis os protagonistas [numa versão "fanmade"]:


A autora do livro, que levou 10 anos a escrevê-lo, apresenta-nos uma obra exemplar…

QUEM TEM DINHEIRO É POBRE!

Imagem
TEXTO 04
Dinheiro não se rasga, e se alguém o rasga é louco. Esta é uma máxima muito difundida no mundo capitalista, onde atribuem aos loucos, e somente aos loucos, a ação de rasgar dinheiro. Com isto afirmam que a pessoa, por mais insana e desequilibrada que pareça, ainda assim não está totalmente transloucada quando não rasga o seu próprio dinheiro. E é verdade. Geralmente os psicopatas, os assassinos, os maníacos, todos aqueles que cometem as piores atrocidades, dificilmente rasgam seu próprio dinheiro. Mesmo quando são influenciados por vozes em suas cabeças, quando tem mania de perseguição, quando cometem uma chacina dentro da escola, mesmo estes raramente rasgam o seu dinheiro. Os que rasgam, sim, são considerados loucos.
O dinheiro, papel-moeda, é uma propriedade do Estado. Ele é disponibilizado à população para que estes tenham, devido aos seus trabalhos ou bens doados, poder de negociação entre si. Mas rasgar dinheiro é crime, assim como rabiscar ou vandalizar o papel-moeda.…