Mensagens

Em destaque!

Escrito nas Entrelinhas, Capítulo 9

Imagem
Escrito nas Entrelinhas, Capítulo 9 
*30 de Novembro*
As semanas que se seguiram passaram a correr.O Outono deu lugar a um Inverno precoce. O frio, a chuva e o nevoeiro tomaram conta de Grace Falls. Jules passou a ir ao hospital duas vezes por semana. Ao fim de várias sessões, a Dra. Mariza considerou que ele estava a precisar de apoio psiquiátrico, para além do apoio psicológico. Assim, Jules começou a ser acompanhado pelo Dr. Joshua, um homem de quase 1,90m. Com cabelos castanhos-claros, olhos aveludados e um sorriso sedutor, cedo conquistou a confiança de Jules.
A morte de Kris Sanders tinha causado um alvoroço na cidade e nos seus habitantes, em particular nos mais jovens. Jules não fora excepção. Ele começou a ter muitos pesadelos. Estes pesadelos envolviam Kris, Daniel e Christine. Todos apareciam em cerimónias macabras, vestidos com mantos negros e a segurarem velas de uma chama púrpura. Nestas cerimónias, eles acusavam-no de uma infinidade de coisas e condenavam-no a cortar-se c…

Escrito nas Entrelinhas, Capítulo 8

Imagem
Escrito nas Entrelinhas, Capítulo 8
O condutor da lancha teve presença de espírito para chamar a polícia de imediato e trazer os jovens para a lancha, colocando-lhes uma manta sobre as costas. O sol começava a descer sobre os montes e o tempo arrefecia drasticamente. Os três rapazes foram levados para a esquadra, a fim de prestarem declarações. O pai de Matt e TK foi ter à esquadra pouco depois.
- Deixem-me passar, eu sou advogado! - resmungou Chayton, aproximando-se dos filhos e abraçando-os. TK estava muito assustado.
- Que se passou, Matoskah? - perguntou.
- Pai, nós fomos passear no lago de River Falls com o Jules! O TK ficou com dores de barriga e o senhor da lancha parou numa das margens! Quando vínhamos de regresso ao barco, o TK descobriu o corpo daquele rapaz, o Kris Sanders, a boiar na margem do lago!
Horas depois, depois de recolherem os testemunhos de Matt, Jules, TK e do condutor, os polícias permitiram que todos regressassem a casa, mas avisaram que poderiam ser notificados a…

Escrito nas Entrelinhas, Capítulo 7

Imagem
Escrito nas Entrelinhas, Capítulo 7
Quando Jules chegou a casa, o pai já lá estava. Sereno, Eddie disse para Jules lavar as mãos e sentar-se à mesa. Admirado com a atitude do pai, ele acenou com a cabeça e pouco tempo depois sentou-se ao lado do pai, que tinha aquecido a comida que tinha sobrado da festa para o jantar.
- Sabes Jules? Apesar da tua atitude estúpida ontem, os teus amigos gostaram imenso da festa. Menos mal.
- Como é que tu sabes disso, pai?
- Estive a pesquisar no Criss-Cross e os teus amigos têm falado bastante da festa e como gostaram dela. Afinal, que raios se passou ontem para tu acabares com a festa daquela maneira?
Jules engoliu em seco. Temia que o pai fizesse aquela questão desde que acordara. O que havia de dizer? Que estava triste porque Matt tinha ido embora? Que nutria algo esquisito por Matt, que nem ele sabia bem o que era? Que na verdade só queria ter tido a companhia de Matt no seu aniversário? Que tudo aquilo lhe estava a causar confusão e, até certo ponto, …

Escrito nas Entrelinhas, Capítulo 6

Imagem
Escrito nas Entrelinhas, Capítulo 6

*1 de Novembro*
Jules acordou com uma bruta dor de cabeça e um pouco zonzo. Não se lembrava de ter apanhado uma bebedeira como a da noite anterior. Levantou-se com dificuldade e cheio de dores pelo corpo todo. Tinha ficado a dormir no chão da sala e pelos vistos o pai não se incomodara com isso. Ao dirigir-se para a casa de banho, deu com um bilhete:
Jules, podia dizer muita coisa, mas sei que não iria adiantar de muito. Estou desiludido contigo. Não te vou tirar a mota, mas também não te vou deixar andar com ela nos próximos tempos. Hoje a Maurice não vem. Eu dei-lhe o dia de folga. Quero que limpes tudo até eu chegar.
- Oh pá! A sério? - comentou Jules, consigo mesmo.
Jules dirigiu-se, pouco depois para a cozinha, preparando um café bem forte. Olhou pela janela para o jardim e viu a quantidade de coisas que teria de fazer. Suspirando aborrecido, colocou mãos à obra. Ele queria falar com Matt e sabia que só poderia ir a casa deste depois de limpar tod…